Chamada PEMALM

 

O Plano de Monitoramento e Avaliação do Lixo no Mar para o Estado de São Paulo (PEMALM) é fruto de uma parceria entre a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO), a Cátedra UNESCO  para a Sustentabilidade do Oceano, o Instituto de Estudos Avançados (IEA) e Instituto Oceanográfico (IO) da Universidade de São Paulo, com financiamento da Embaixada da Noruega. Por meio de um eficiente canal de comunicação entre ciência e gestão, o PEMALM busca integrar conhecimento, engajamento e interação entre atores-chave para criar uma base de informações qualificadas e capital institucional para monitorar e avaliar o problema do lixo no mar no Estado de São Paulo.

Entre os benefícios do PEMALM para a ciência e a sociedade estão a redução de incertezas sobre a real condição da problemática do lixo no mar no Estado, permitir a comparação e compartilhamento de dados, encorajar a cooperação regional entre setores, instituições e pessoas, disseminar boas práticas e auxiliar no desenvolvimento de metas e sub-indicadores dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), em especial  o ODS 14, Vida na Água. Desde agosto de 2019, o PEMALM tem engajado atores-chave que produzem ou têm o potencial de produzir dados sobre lixo no mar no Estado de São Paulo. Essas oportunidades de interação e troca de conhecimento foram fundamentais para alinhar as expectativas e pontuar, coletivamente, quais os tópicos a serem abordados pelo plano, quais indicadores ele deve conter e como será sua governança.

O plano foi construído para se integrar a outras políticas públicas ambientais e à literatura nacional e internacional existente sobre lixo no mar. Agora, o resultado dessa construção coletiva está sendo compartilhado com toda a sociedade através do processo de consulta pública. A consulta ficará disponível de 1 a 23 de outubro de 2020 no site do PEMALM e aceitará sugestões de pessoas físicas ou jurídicas. Entendemos que todos os cidadãos e cidadãs afetadas por uma política pública devem ter a oportunidade de influenciá-la em algum grau. Assista o vídeo abaixo para entender como você pode contribuir com o plano.

O Que?
Consulta pública do PEMALM
Quando?
De 1 a 23 de outubro de 2020
Como?
Opine e dê sugestões através do formulário do PEMALM
Onde?
No site do PEMALM
Dúvidas?
Entre em contato pelo e-mail pemalmsp@gmail.com

Chamada para publicação

Está aberta a chamada para publicações para a Special Issue of Ocean Decade Community White Papers (CWPs) da revista Ocean and Coastal Research. Convidamos a comunidade oceânica para enviar resumos que abordem questões-chave (status e tendências atuais), ciência e necessidades de desenvolvimento (lacunas, desafios e oportunidades) e recomendações (caminhos para soluções prioridades transversais) para a agenda da política científica para alcançar os resultados da Década Oceânica e enfrentar seus desafios. Os resumos podem se concentrar na escala nacional ou regional (por exemplo, mares regionais) e cobrir pelo menos um dos resultados / desafios da Década do Oceano. Os autores de resumos bem-sucedidos serão convidados a submeter ao CWP.

Mais informações (231 downloads) .

Quais são nossas estratégias?

Canalizar

Iniciativas em andamento

Catalizar

Parcerias

Catapultar

Ações para a sustentabilidade do oceano

Cultura oceânica

Década do Oceano

Uma década dedicada ao desenvolvimento sustentável dos oceanos

 

Oceanoteca

Uma biblioteca de documentos informativos ligados à cultura dos oceanos

Conexões

Iniciativas de conservação, educação ambiental e divulgação científica sobre os oceanos

Vamos ouvir o oceano?

Acontece

Cátedra nas redes