Episódio 1: Todes a bordo!


Todes a bordo que vai começar o “Conservação em Prosa!!”

No nosso episódio de estreia vamos contar como surgiu a ideia para o podcast, o que motivou esse grupo de 13 mulheres e o Turra a desenvolver esse projeto. Vamos contar, também, um pouquinho da história de cada uma de nós, a estrutura do podcast e sobre a nossa personagem que vai guiar a gente nesse mar de informação: a professora MARlene.

Esse primeiro episódio foi muito especial para todas nós, foi um momento onde nos conhecemos fisicamente (muitas de nós só nos conhecíamos virtualmente) e foi gravado no Parque Estadual Ilha Anchieta, o PEIA, que será assunto de muitos episódios.

Vem com a gente, fazer dos "Mares, o melhor!!"

        .   

Episódio 2: MARlene e o Mar de motivos


Professora ao mar! Professora ao mar! Quem poderá nos ajudar?!

Marlene é uma professora de escola pública e parece que ouviu o canto da Iara, pois os encantos do mar estão levando-a ao profundo mundo do oceano. Mas os pesquisadores e gestores das unidades de conservação vão guiá-la para transformar esses grãos de informação numa linda pérola de conhecimento.

Neste episódio vamos conhecer mais sobre a protagonista dessa série e embarcar com ela nessa jornada de descobertas sobre o ensino das ciências do mar, participação especial do Alexander Turra, coordenador da Cátedra pela Sustentabilidade do Oceano e da Rachel Azzari, Diretora do Departamento de Relações Institucionais e Comunicação da Coordenadoria de Educação Ambiental da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo

        .   

Episódio 3: Unidades de Conservação e instrumentos de gestão


Com quantos paus se faz uma canoa? Quais são os principais ingredientes para aquele bolo perfeito da vovó?

Tudo na vida precisa de um planejamento e dos instrumentos certos para atingir seus objetivos.

Para gerir o oceano não seria diferente! Marlene, ex-voluntária do PEIA, foi mordida pela abelhinha das unidades de conservação e está muito encantada com todo seu potencial. Com a ajuda da Evelyn Sousa, pesquisadora da UNIFESP, e da Maria Luísa Palmieri, do Instituto de Pesquisas Ambientais, ela também vai contagiar vocês!

Neste episódio, vamos conhecer a situação das unidades de conservação do estado de São Paulo e compreender quais são os principais instrumentos que fazem essa roda continuar girando na construção de um oceano mais sustentável.

E se você quer mergulhar fundo nesse tema, pode consultar os materiais que usamos para produzir o roteiro:

        .   

Episódio 4: Que som é esse? Ondas sonoras e a identificação de criaturas marinhas


1, 2, 3. Testando...Som?

Alô alô criatura do mar! Aqui quem fala é da terra. E desta vez não estamos em guerra, porém arrumamos outra função para radares acústicos, monitorar criaturas marinhas! Como? Colando nos golfinhos e fazendo igual a eles, utilizando ondas sonoras para identificar as espécies. Vem conferir!

No episódio de hoje, Marlene vai desvendar os soooons do oceano com o pesquisador Diogo Destro Barcellos que, por meio do monitoramento acústico passivo, vem trazendo muitas contribuições para a conservação de cetáceos no Litoral Sul de São Paulo. 

Então vem com a gente, prepara o baleiês, e vamos descobrir os mistérios dessa fauna tão carismática!

E se você quer saber de tudo o que os golfinhos falaram para o Diogo, nós colocamos a tese dele aqui:

        .   

Episódio 5: Marlene e o mistério dos corais


Vida looouca, vidaaaa, vida breve. Já que eu não posso te levaaar, quero que você me leve!” É…Cazuza já descrevia bem que os tempos modernos estão uma loucura! E eis que toda essa pressão está antecipando alguns cabelos brancos da nossa querida Marlene.  Mas quem diria que não é só ela que está branqueando de estresse, os corais também! 

No episódio de hoje. O pesquisador Paulo Sumida mostrará o caminho das pedras (ops, dos corais rs) para a professora Marlene, desvendando os mistérios de um organismo essencial à vida na água (e na terra). Também vamos compreender como sua pesquisa está contribuindo para a conservação dos mares no Parque Estadual da Ilha Anchieta. 

Então vamos lá, preparem-se para se tornar coralzetes como nós! Um ótimo mergulho!

E pra você não se estressar pra procurar as referências usadas no episódio, colocamos os links aqui:

        .   

Episódio 6: Mas o que tem lá no fundo?


Na virada do ano, Marlene mergulhou nos costões rochosos do Parque Estadual da Ilha Anchieta e descobriu que os organismos bentônicos também tem seus encantos e até “tretas” (haja competição!).

No episódio de hoje, a pesquisadora Natália Ghilardi-Lopes vai nos guiar por esse ambiente tão dinâmico e diverso e nos contar quais são os organismos que habitam esses espaços, como é sua distribuição e como interagem.

Então vamos lá. Todes prontes? Pode vir que o mergulho já vai começar…

OPS! Se o link acima não funcionou pra você é só mandar e-mail diretamente do seu provedor para conservacaoemprosa@gmail.com

Como participar do MARlenes do Brasil?

Nós queremos escutar vocês professoras e professores, então compartilhem conosco as suas experiências com atividades que se relacionam com o ambiente marinho para que que elas possam inspirar quem nos escuta.

Para isso nos enviem um e-mail (conservacaoemprosa@gmail.com) com o título: "Marlenes do Brasil". No e-mail devem enviar um áudio de até 3 minutos ou texto com no máximo 300 palavras com as seguintes informações:

  • 1. Nome
  • 2. Local de origem (cidade e estado)
  • 3. Disciplina que leciona e para qual série?
  • 4. Nome  da escola que trabalha?
  • 5. Contar sobre atividade que envolve o ambiente costeiro marinho que desenvolveu com os alunos
  • 6. O que a experiência trouxe de positivo?