Prêmio Marta Vannucci

16/03/2021

O Prêmio Marta Vannucci para Mulheres na Ciência do Oceano busca destacar e reconhecer o trabalho de mulheres que atuam na produção de conhecimento sobre o mar no Brasil e para o fortalecimento da participação de mulheres na ciência, inspirado na trajetória e pioneirismo da bióloga Marta Vannucci (1921 – 2021).

Idealizado pela Cátedra UNESCO para Sustentabilidade do Oceano, ligada ao Instituto Oceanográfico e Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, e pela Liga das Mulheres pelo Oceano, o prêmio incentiva a equidade de gênero no avanço de uma ciência justa, equilibrada, criativa e produtiva.

Na edição de 2021, Carla Isobel Elliff (Jovem Cientista) e Yocie Yoneshigue Valentin (Cientista Inspiração Sênior) foram premiadas por suas brilhantes trajetórias profissionais. Na edição de 2022, esperamos ampliar a divulgação e abrangência do prêmio para contemplar experiências de atuação diversas e representativas das pesquisadoras brasileiras.

CONFIRA ABAIXO O EDITAL DE 2022

EDITAL 2022

Prêmio Marta Vannucci para Mulheres na Ciência do Oceano

1. Apresentação

O Prêmio Marta Vannucci para Mulheres na Ciência do Oceano é uma iniciativa idealizada pela Cátedra UNESCO para Sustentabilidade do Oceano, ligada ao Instituto Oceanográfico e Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, e pela Liga das Mulheres pelo Oceano. Para o desenho e realização da edição de 2022, o prêmio contará com a colaboração de parceiros (ver item 9).

Na primeira edição, em 2021, as instituições idealizadoras tiveram o prazer de reconhecer e premiar as trajetórias profissionais de duas brilhantes cientistas do mar, Carla Isobel Elliff (categoria Jovem Cientista) e Yocie Yoneshigue Valentin (categoria Cientista Inspiração Sênior). Em sua segunda edição, espera-se ampliar a divulgação e abrangência do prêmio para contemplar experiências de atuação diversas e representativas das pesquisadoras.

O prêmio tem o objetivo de promover, destacar e reconhecer o trabalho de mulheres que atuam na produção de conhecimento sobre o mar no Brasil, que contribuem para o fortalecimento da participação de mulheres na ciência e inspiram gerações. Por meio desse prêmio, pretende-se incentivar a equidade de gênero no avanço de uma ciência justa, equilibrada, criativa e produtiva.

Este prêmio tem caráter exclusivamente recreativo-cultural, não estando sujeito a qualquer espécie de álea ou sorte, nos termos do artigo 3º, inciso II, da Lei n.º 5.768/71, bem como o Artigo 30 do Decreto nº. 70.951/72. A participação é voluntária e gratuita, portanto, não está condicionada ao pagamento de qualquer quantia e/ou valor pelas participantes, seja qual for sua natureza.

Todas as inscritas estão sujeitas às regras e condições estabelecidas neste edital. Desta forma, a participante, no ato de sua inscrição, adere a todas as disposições, declarando que disponibiliza informações verídicas e que está ciente dos critérios e condições para a realização da seleção e premiação. Os dados coletados pelo formulário de inscrição ou de indicação serão tratados conforme a Lei n.º 13.709/18 (Lei Geral de Proteção de Dados).

2. A inspiração

Marta Vannucci nasceu em Florença, em 10 de maio de 1921 e emigrou para o Brasil em 1929, após a vinda de seu pai em 1927, em função da ascensão do fascismo na Itália. Cursou o Ensino Fundamental no Colégio Dante Alighieri e ingressou na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP. Em 1944, defendeu o Doutorado com orientação de Ernest Marcus, professor do Departamento de Zoologia, tendo sido sua assistente de 1944 a 1950.

Foi convidada a fazer parte do Instituto Paulista de Oceanografia, ligado à Secretaria de Agricultura e fundado em 1946. Com o professor Wladimir Besnard e outros pesquisadores, conseguiu que o instituto fosse integrado pela USP como unidade de pesquisa, o que ocorreu em 1951.

Foi a primeira mulher a ingressar como membra associada da Academia Brasileira de Ciências em 1955. Em 1966, tornou-se membra titular. Em 1956, recebeu uma bolsa da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para conduzir pesquisas na Estação de Biologia Marinha de Millport, na Escócia.

A Prof. Dra. Marta Vannucci dirigiu o IOUSP de 1964 a 1969, tendo negociado a compra e acompanhado a construção do navio de pesquisa Professor Wladimir Besnard. Na Unesco, implantou um programa de bolsas de estudo para estudantes da América Latina. Morou na Índia, onde colaborou como coordenadora técnica para um programa de desenvolvimento e atuou na inspeção de ecossistemas costeiros manguezais. Recebeu, em 1996, a Ordem Nacional do Mérito Científico na classe Grã-Cruz.

Marta Vannucci faleceu aos 99 anos em janeiro de 2021, em São Paulo, e é a inspiração para o Prêmio para Mulheres na Ciência do Oceano.

3. Critérios para Elegibilidade

Podem participar candidatas cisgêneras ou transgêneras. A candidata deverá atender aos critérios abaixo especificados. A candidatura que não preencher tais critérios, não será considerada.

CIENTISTA INSPIRAÇÃO SÊNIOR

  1. Ter realizado ou estar conduzindo pesquisa relacionada a qualquer aspecto relevante ao mar brasileiro, seja nas Ciências Naturais ou Sociais;
  2. Ter carreira consolidada nas ciências do mar;
  3. Ter inspirado gerações de cientistas;
  4. Ter sido indicada por pares (i.e. alunos, colegas, colaboradores, instituições) via formulário:
    • Identificação da pessoa que indica (nome, instituição e contato)
    • Identificação da cientista (nome, instituição e contato)
    • Por que essa cientista é uma inspiração? (depoimento)
    • Como essa cientista contribui/contribuiu para a Ciência do Oceano por meio de atividades científicas, ensino e/ou extensão?
    • Como essa cientista contribui/contribuiu para o fortalecimento da participação de mulheres na ciência?

JOVEM CIENTISTA

  1. Ter concluído o Doutorado nos últimos seis anos (2017-2022);
  2. Ter no máximo 35 anos. Em caso de licença maternidade ou licença adotante,  será considerado o aumento de um ano na idade máxima de inscrição da candidata;
  3. Realizar ou ter realizado pesquisa em instituição brasileira;
  4. Ter realizado ou estar conduzindo pesquisa relacionada a qualquer aspecto relevante ao mar brasileiro, seja nas Ciências Naturais ou Sociais;
  5. Ter “curriculum vitae” atualizado na Plataforma Lattes;
  6. Preencher o formulário de inscrição;
    • Identificação (nome, instituição e contato)
    • Link do Lattes atualizado
    • Para você, o que é fazer ciência? [300 palavras]
    • Como o seu trabalho (pesquisa, ensino e extensão) contribui/pode contribuir para a sustentabilidade do oceano? [300 palavras]
    • Qual a sua motivação para se candidatar para este prêmio? [300 palavras]

4. Inscrição

Para ambas as categorias, somente serão aceitas submissões via formulários disponibilizados nos websites da Cátedra e da Liga da Mulheres.

5. Comitê de seleção

A seleção das candidatas premiadas na categoria JOVEM CIENTISTA e CIENTISTA INSPIRAÇÃO SÊNIOR  será feita por um Comitê de Seleção, composto por mulheres:

  1. 2 Vencedoras das categorias Cientista Inspiração Sênior e Jovem Cientista da Edição 2021;
  2. 2 indicações da Liga das Mulheres pelo Oceano;
  3. 2 indicações da Cátedra UNESCO para Sustentabilidade do Oceano;
  4. até 1 indicação de cada instituição parceira da iniciativa.

6. Critérios de avaliação

O Comitê de Seleção utilizará como critérios de avaliação:

CIENTISTA INSPIRAÇÃO SÊNIOR

  1. Número de indicações
  2. Impacto da carreira: pioneirismo em áreas de pesquisa, desempenho destacado em atividades científicas e de extensão, orientações, influência na instituição de Ensino Superior e na comunidade das Ciências do Mar.

JOVEM CIENTISTA

  1. Narrativa de carreira: potencialidade da candidata frente ao sucesso dos seus projetos.
  2. Atuação: produção científica, atuação na extensão e no ensino/ orientação;
  3. Pontos de destaque: marcos na carreira;
  4. Conexão com agendas/pautas ligadas à conservação do oceano: desenvolvimento de projetos, artigos, entre outras ações que contribuam para a implementação da Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável no Brasil e/ou no mundo; a sustentabilidade; e a justiça socioambiental.

7. Cronograma

  1. Lançamento do edital: 28/09/2022
  2. Abertura das inscrições: 28/09/2022
  3. Encerramento das inscrições: 19/10/2022
  4. Período de avaliação: 19/10/2022 a 02/11/2022
  5. Divulgação do resultado e cerimônia de premiação: 16/11/2022

8. Divulgação e Premiação

As vencedoras serão informadas sobre o resultado no final do processo de seleção. A divulgação deverá permanecer confidencial até a publicização dos resultados.

A divulgação pública dos resultados ocorrerá em evento transmitido virtualmente. As candidatas premiadas autorizam, por ocasião de sua inscrição e respeitadas as finalidades compreendidas pelo prêmio e à divulgação dele, a captura, o armazenamento, o tratamento, o compartilhamento e a divulgação dos seguintes dados pessoais: nome, imagem, voz, gênero, idade, profissão e ocupação. 

As premiadas serão homenageadas na cerimônia de premiação e serão contempladas com os seguintes itens:

  1. Entrevista nas páginas/redes sociais dos parceiros;
  2. Participação no evento de premiação, com despesas custeadas pela organização e parceiros;
  3. Placa comemorativa.

9. Parceiros 

Para o desenho e realização da edição de 2022, o prêmio conta com a colaboração dos seguintes parceiros:

10. Contato

Para contatar a organização do Prêmio Marta Vannucci para Mulheres na Ciência do Oceano, envie e-mail para catedraoceano@usp.br ou ligadasmulheresdomar@gmail.com.

EDIÇÃO 2021

Prêmio Marta Vannucci para Mulheres na Ciência do Oceano

Na primeira edição, em 2021, tivemos o prazer de reconhecer e premiar as trajetórias profissionais de duas brilhantes cientistas do mar: Yocie Yoneshigue Valentin e Carla Isobel Elliff. Para assistir o vídeo da premiação, visite a nossa página do You.Tube.